Você já provou? Fava de Aridan + Crème brûlée de Fava de Aridan

Como uma imagem vale mais do que mil palavras, ainda mais quando você não faz idéia do que seja uma fava de Aridan:

IMG_8508

De cara você não dá nada, mas esse é um ingrediente dos mais incríveis, apesar de parecer um trabalho de hippie de praia.

Descobri esse incrível ingrediente com o chef do Grande Hotel São Pedro – Hotel Escola Senac, Jorge da Hora, que me envio de presente através da minha mulher que passou o fim de semana por lá. Fiquei feliz demais de receber algo não só único, mas também do lugar onde me formei cozinheiro. Tantas lembranças boas de quando eu trabalhava como um jumento, na cozinha do próprio hotel. Doces 14 quentes e úmidas horas, durante as férias de verão e inverno, soterrado por caixas e mais caixas de tudo que existe no mundo.

Voltando a fava: Fiquei pensando como usar aquilo. Porque convenhamos: Não tem uma cara boa e não parece de comer.

Tentei cortar: Duro demais.

Tentei morder: Duro demais.

Só sobrou ralar. E foi aí que a farra começou.

IMG_8518

A fava quando ralada em pequenas lascas, libera um aroma que eu nunca tinha sentido em lugar nenhum: Uma mistura muito delicada e bem equilibrada de banana passa, caramelo e baunilha. Coisa fina que cresce no quintal.

Tendo uma idéia de como usar, ficou fácil de escolher o que fazer. Imaginei que seria o ingrediente perfeito pra uma sobremesa delicada, como um crème brûlée. Esse com ar tupiniquim

O crème brûlée é uma receita que já apareceu aqui no blog. Por isso, se você ainda não sabe como fazer essa gostosura em casa, é só clicar aqui e seguir o passo a passo.

Tendo essa receita em mente, e seguindo exatamente os mesmos passos, a única substituição que você deve fazer é colocar no leite, cerca de uma colher de sopa da fava de Aridan ralada em ralo médio, no lugar da fava de baunilha. Só isso.

 O resultado?

Como vocês podem ver, é um crème brûlée de casquinha fina, dourada, e que se quebra como um espelho, revelando o creme de cor âmbar. O sabor é sem tirar nem por, o mesmo que você sente no cheiro: Uma combinação delicada, mas lotada de sabor de banana passa, caramelo e baunilha.

Mais um ingrediente formidável, na prateleiras de descobertas do nosso buy levitra país.

Se você não tem esse espetacular ingrediente em casa, ou mesmo está com preguiça de cozinhar, que tal chamar o Chef à Porter? Realizamos jantares e eventos personalizados, pra você só ter um trabalho: Aproveitar!

É só entrar em contato com a gente, clicando aqui.

Cupcakes de Cenoura: Não compre, faça!

No meio do caminho tinha um Cupcake. Entre eu e o Cupcake tinha um preço que eu não acreditei.

Andando outro dia pela rua, me deparei com uma dessas lojas especializadas em Cupcakes. Nunca tinha visto uma de perto, apesar delas se multiplicarem com velocidade pela cidade. Pela vitrine, que era das mais convidativas, resolvi entrar pra experimentar.

Decoração linda, loja impecável, atendentes sorrindo…até agora tudo certo! Comecei a olhar com curiosidade os bolinhos, que eram cobertos com todo tipo de cobertura, em bonitas forminhas. Escolhi um de cenoura e quando perguntei o preço, aconteceu. Aquele momento que nos faz pensar “porque?” “como?” “é sacanagem?”

– “São R$ 8 reis senhor”.

– “Bixo, como assim são oito paus? Por 200 gr de massa com cobertura de chocolate? Sério mesmo?”

Mesmo assim resolvi provar o bolinho que por esse preço, merecia mudar a minha vida e me chamar de meu amor, mas só encontrei uma massa seca com cobertura rala de achocolatado. Nem preciso dizer que saí fulo da loja e decido a fazer eu mesmo meus próprios cupcakes, mesmo sem saber como.

Provando mais uma vez que quem tem amigos tem tudo, fui cutucar a queridíssima Renata Prazeres, que já produz essas delícias por encomenda e iria especialmente, me ensinar como fazer os bolinho e mandar aquele mequetrefe da loja pras cucuias.

Renata é uma pessoa bem peculiar.Tem a mania de colecionar forminhas…

E receitas com o nome das pessoas em cadernos de páginas amareladas, que de tão bem organizado, nem precisa que eu escreva a receita

Comece batendo no liquidificador a cenoura, os ovos, o óleo e o açúcar

Até formar buy clomid online uma massa lisa e de cor forte

Dica! Colocar uma pitada de sal dá um contraste bem interessante, que ajuda a realçar o propecia online sabor doce da massa.

Agora em um recipiente com tampa misture a farinha de trigo, o fermento, uma pitada de bicarbonato e cubra, agitando todos os ingredientes para que fiquem bem misturados.Olha a Rê em ação!

Despeje o conteúdo milf porn seco em um recipiente e misture com a massa anterior, batendo com um fuet até formar uma massa lisa e homogênea.

Quando a massa estiver lisa e sem nenhum pedacinho de farinha de trigo, reserve e prepare as forminhas que irão receber a massa

Sendo afixionada pela idéia de fazer seus próprios cupcakes há muuuuito tempo, A Rê tinha de tudo na casa dela. Além das formas de papel como essa, repare a forma própria onde você deve colocar as forminhas pra ter um bolinho perfeito. Esses dois materiais infelizmente não foram comprados no Brasil e fazendo uma pesquisa rápida, descobri que são os olhos da cara por aqui. A melhor coisa é fazer uma lista e dar pra aquele amigo do coração, que sempre viaja pra fora. Eu fiz isso e recomendo, a diferença de preço é brutal.

Com a ajuda de uma concha, despeje com cuidado a massa em cada forma de papel.  Encha até a metade – lembra que bolo cresce ? – Se não, eles irão saltar pra fora da forma e fazer uma coisa não muito legal de se ver dentro do seu forno.

Pré-aqueça o forno a 180 graus e asse por cerca de 20 minutos, até eles dobrarem de volume e ficarem firmes. Lembra daquele truque de colocar o palito dentro do bolo e ver se ele sai seco? Aqui ele também funciona!

A cobertura propecia online fica a sua escolha. Nós fizemos um brigadeiro daqueles bem moles e cobrimos, enfeitando com confeitos de chocolate e chocolate granulado

Agora me diz, tem coisa mais  gostosa que buy clomid esse momento?

Acho difícil buy priligy imaginar…

chefaporter.com.br | powered by WordPress with Grace Comunicação