Ratatouille

A receita é curtinha, bem porque não é preciso falar muito desse clássico francês.

O ratatouille nada mais é do que um prato rústico criado no século XVIII na região de Provence na França, mas que tem claramente influências italianas e espanholas. O fato de poder ser  servido tanto quente como frio, além de sozinho ou como guarnição garante o ratatouille como um coringa nas horas de aperto.

A receita que eu vou passar aqui é a do MEU  ratatouille, que foge um pouco da receita tradicional francesa. Na verdade existe uma grande discussão sobre esse ponto, já que cada família por lá tem a sua própria e que claro, diz que é a certa e a melhor que existe. Mas não pense nisso, invente a sua própria e corra pro abraço.

Ingredientes

– 2 abobrinhas cortadas em cubos pequenos

– 1 beringela cortada em cubos pequenos

– 2 cenouras cortadas propecia online em cubos pequenos

– 1 cebola buy levitra roxa grande, cortada em cubos pequenos

– 4 dentes de alho picados

– Azeite extra-virgem a gosto (não vá me clomid online usar azeite mequetrefe, por favor!)

– Sal a gosto

– Pimenta do reino buy generic propecia online moída na hora a gosto

milf porn Alecrim a gosto

– Tomilho a gosto

Modo de Preparo

Aqu buy clomid online eça uma panela grande com o azeite extra-virgem e frite nele primeiro a cebola e depois o alho. Quando tudo estiver douradinho, acrescente as cenouras a berinjela e as abobrinhas, o alecrim e o tomilho. Abaixe então o fogo e cozinhe os vegetais aos poucos, devagarinho, até que estejam todos al dente ( o engraçado é que apesar das suas diferentes texturas, todos eles ficam prontos juntos). Depois que os vegetais estiverem no ponto, tempere com sal e pimenta do reino.

O meu aqui em casa vai com tainha assada e couz-couz de fubá.

E por aí?

Rataouille

« Página anterior
chefaporter.com.br | powered by WordPress with Grace Comunicação