Dieta é uma merda e você deve enganar: Creme de chocolate, bacon e suspiros

Vamos imaginar que você acordou cedo todos os dias, foi até o parque e caminhou, por mais de uma hora, naquele friozinho perfeito do começo da manhã, desejando, de verdade, estar em casa embaixo das cobertas dormindo e sonhando feliz. Depois comeu meio, meio! mamão, um copo de leite e pronto. Foi enfrentar o mundo com isso na barriga.

No almoço, traçou bife de berinjela, uma saladinha de folhas e uns tomates confits (a melhor refeição do dia) e depois, mais a noite, comeu uma sopa de alho poró com azeite, torradinhas de pão caseiro, uma taça de vinho e foi pra cama, sonhando com alguma coisa entre uma feijoada e um sanduíche de rosbife.

É meu chapa…Dieta não é fácil pra ninguém. Eu sei que é importante manter a forma, não morrer de derrame antes dos 50, mas também é, se não mais importante, enganar a dieta de vez em quando. Eu digo isso porque, cá entre nós, essa história de fazer um regime extreme fucking hardcore não faz o menor sentido. Você precisa comer gordura, açúcar e todas aquelas coisas que fazem a comida ser, enfim, comida. Seu corpo pede isso.

Mas de vez em quando, pelo bem estar social e psiquico das pessoas que estão a sua volta e seu, você deve se jogar nos braços do brigadeiro, no x-salada do seu Osvaldo e claro, no bacon, esse amigo de todas as horas. Se não, tenho certeza absoluta (e eu já vi acontecer), você vira um tremendo de um pentelho(a).

Aqui em casa, fiz uma sobremesa master arregaço, que sozinha, matou minha vontade de bacon, chocolate e otras cositas mas.

Sei que vocês vão achar a receita esquisita – larica eu sei que é – mas pode ir na minha, que você passa de ano. A combinação fica fodástica.

Creme de chocolate, bacon e suspiros

Ingredientes:

– 200 gr de chocolate meio amargo

– 50 gr de creme de leite fresco

– 5 tirar de bacon

– 100 gr de suspiros

Modo de preparo:

É isso aí: chocolate, bacon, suspiro. Tudo junto.

Primeiro ele, o bacon! Em uma frigideira média, em fogo alto, coloque para fritar as tiras até que fiquem douradas.

Primeiro de um lado…

Depois do outro.

Deixe o bacon escorrer sobre algumas folhas de papel toalha, até que fique bem sequinho. Reserve.

Agora o chocolate. Derreta ele em banho maria, até que fique macio e brilhante.

Junte então o creme de leite e mexa bem, até que o chocolate ganhe uma textura leve e cremosa.  Reserve.

Por último os suspiros. Eu usei esses que comprei pronto e adoro, mas se você quiser, pode fazer os seus próprios.

Agora é só montar o chepa.

Primeiro os suspiros, levemente quebrados

Depois o chocolate.

E pra coroar o bacon.

Daí é só repetir a ordem, fazer mais uma camada e pronto.

É, vou confessar que podia ter caprichado mais na apresentação, eu sei.

Mas imagine alguém que não comer açúcar a 15 dias fazendo isso?

Dieta é uma merda, mas dá pra enganar: Bife de berinjela

Fazer dieta é uma merda.

O que dizer da vida sem manteiga, azeite, queijos amarelinhos e macios? E pão então? Cerveja, vinho, macarrão, costelinha de porco, copa lombo, torresmo, o porco inteiro. Maionese, béarnaise, almondega, misto quente transbordando de recheio. Um prato sem fim de arroz, feijão, ovo frito e carne moída, leite de coco. Sorvete, meu deus. sorvete! Chocolate, baunilha, doce árabe, fio de ovos, doce de leite, de figo verde em calda, queijadinho, pudim de leite.

Enfim….

Com a dieta, tudo isso meu chapa, tudo isso já era! Bom, pelo menos enquanto você propecia online for fiel a ela e não acabar devorando de pijama, no meio da noite enquanto ninguém olha, um pudim de leite inteiro ou um strogonoff gelado, mas ainda sim bom pra cacete.

Mas calma, não precisa entrar em depressão e correr por Lexotan com vodca. Você ainda pode se salvar! Claro, não vai ser a mesma coisa que uma feijoada com todos os acompanhamentos ou aquela pizza transbordando de mussarella. Mas dá pra clomid online enganar bem.

E qual o segredo pra não se inforcar com um cinto!? Só usar a imaginação! Com ingredientes simples, mas cozinhando de uma forma um pouco diferente das famigeradas e toscas dietas que nós vemos por aí, você consegue um resultado bastante decente, como esse bife de berinjela.

Bife de berinjela

Ingredientes:

– 1 berinjela pequena

– 1 cebola pequena

– 3 dentes de clomid online alho

– 1 ovo caipira (por que você não quer comer todos aqueles hormônios do ovo comun)

– 1/2 pimenta dedo de moça

– Azeite de oliva extra milf porn virgem a gosto

– Salsinha a gosto

– Sal a gosto

Modo de preparo:

Bom, antes de começar a picar os vegetais como se não houvesse amanhã, vamos a reflexão que vai fazer a receita dar certo: Pra que você consiga ter um bife a partir de uma berinjela (o que parece ser improvável) todos os ingredientes tem que estar em pedaços pequenos.

Não precisa ser microscópico, claro, mas ao misturar todos eles você tem que ter uma massa firme, uma pasta que possa ser moldada no formato de um bife. Não vale colocar farinha de trigo, miolo de pão, muito menos farinha de rosca pra dar o ponto certo, afinal, aí não seria mais uma dieta e você estaria liberado pra bater aquele virado a paulista, no buteco da esquina.

Tendo isso levitra online tudo na cabeça, corte primeiro a berinjela em cubos pequenos…

e depois a cebola, picando também no mesmo temanho. Aqueça então uma frigideira com um pouco de azeite de oliva extra virgem e frite, em fogo alto, a cebola até que ela começe a pegar uma cor.

Já tá douradinho? Junte o alho bem picado e frite por mais alguns minutos, até que ele fique da mesma cor que a cebola.

Com todo mundo na mesma cor dentro da panela, é hora da berinjela!

Como o cebola e o alho, frite a berinjela em fogo alto até que ela fique bem tostada. Desligue então o fogo e reserve a mistura dentro de um recipiente.

Deixe esfriar um pouco e junte o priligy online ovo e a pimenta dedo de moça bem picada. Termine temperando com sal a gosto….

e juntando a salsinha, também bem picada.

Misture todos os ingredientes até formar uma pasta homogênea, e em uma frigideira com fogo alto, com a ajuda de uma colher, molde um bife com a mistura.

Frite dos dois lados até que o bife ganhe uma textura firme, porém macia, e finito!

Tá bom, eu sei que o resultado não é um bife de tira sangrando ou uma bisteca com dois dedos de altura, mas garanto, o resultado é bem gostoso. Até parece – eu disse “parece” – carne.

chefaporter.com.br | powered by WordPress with Grace Comunicação