Naan indiano: Agora na Like Store do Chef à Porter!

Você já provou esses deliciosos pãezinhos indianos, feitos com iogurte fresco e manteiga? Não!?

Agora você já pode, na Like Store do Chef à Porter, comprar e levar pra casa essa delícia!

Preparado com os melhores ingredientes e sovado a mão, no tempo certo, esse delicioso pão não é assado no forno, mas sobre uma chapa de ferro pincelada com ghee, uma manteiga clarificada muito usada na culinária indiana.

Todo esse cuidado e carinho buy propecia online dá ao pão uma textura única, extremamente macia, que derrete na boca.

Ficou morrendo de vontade? É só pedir o seu na Like Store do Chef à Porter clicando aqui!  Você pode pagar usando o seu cartão de crédito e receber em casa, deixando seu final de semana muito mais gostoso.

IMG_2872

Ovos mexidos: Uma outra idéia

Quando como alguma coisa, seja ela qual for, fico pensando em como fazer aquele mesmo prato de uma maneira diferente. Não entenda “diferente” como mais aquilo, menos isso, menos passado ou mais crocante, mas sim, em uma maneira de pegar aquela mesmíssima receita, com todos os seus ingredientes e dar uma cara nova.

É um dos meus passatempos prediletos dentro da cozinha. E foi com esse estranho, mas delicioso passatempo, que cheguei a essa receita de ovos mexidos.

Antes de mais nada: Todo mundo por aqui já comeu ovos mexidos preparados de uma maneira minimamente descente, certo? Não estou falando daquele ovo mexido de hotel, ressecado, até meio cinza, deixado a própria sorte no rechoux, como um bêbado que apaga na praia e acorda com o sol queimando a cara.

O que!? Não!? Você nunca comeu? Bom, se você nunca provou bons ovos mexidos (por onde você esteve?) feito com ovos caipiras frescos, manteiga e um pouco de creme fresco, você é um puta de um sortudo. Vai entrar nessa, dando uma bica na porta da frente.

Ovos mexidos

Ingredientes

– 5 ovos caipiras frescos

– 50 gr de manteiga

– 50 gr de creme de leite fresco

– 50 ml de leite integral

– Sal

– Pimenta do reino moída na hora

Modo de preparo:

Apesar do resultado final ser 573475348534534853589358 vezes melhor que a receita original, seu preparo não foge muito da maneira tradicional. Comece juntando em uma tigela os ovos, a manteiga, o creme de leite fresco e o leite integral, temperando tudo com sal e pimenta do reino moída na hora a gosto.

Depois, com a ajuda de um garfo, bata bem os ovos até ficarem completamente misturados com o creme de leite fresco e o leite. Vai sobrar só o pedaço de manteiga inteiro nessa história.

Agora o pulo do gato: Invés de cozinhar os ovos em uma frigideira anti-aderente, ou seja, sob o calor direto do fogo, coloque a tigela sob uma panela com água fervente, com o fogo no mínimo possível. A idéia aqui é cozinhar a mistura lentamente (mas bem devagar mesmo!) até que ela fique leve e cremosa, mas com todos aqueles grumos que o ovo mexido tem. O tempo de cozimento dos ovos é 5 à 10 minutos ou seja, vá na maciota que você chega lá.

No começo, parece que não vai dar certo…

Quando toda a manteiga tiver derretido, você vai reparar que a mistura começa a ganhar uma outra textura, ficando mais cremosa….

Mais cremosa…

Até ficar firm buy levitra e o suficiente para grudar nas laterais da tigela. Nessa hora, retire a tigela do fogo e sirva em seguida.

E como comer essa gostosura? Aqui em casa eu servi os ovos sobre uma torrada de pão de nozes (que aliás, eu faço e vendo! Você pode comprar o seu clicando aqui) e alguma gotinhas de manteiga noisette (que você pode aprender clicando aqui).

“Mas afinal, qual é a porra da diferença?” Você me pergunta.

A diferença, meu exaltado amigo, começa pela aparência: Olha só que coisa mais linda! O ovo derretendo na torrada, mas ainda firme pra não milf porn ficar escorrendo pra todo lado, a forte cor amarela dos ovos caipirias, aquele cheiro de café da manhã pela casa toda. Ô vida!

Mas calma, fica melhor quando você morde!

Na boca, você consegue perceber a delicadeza do que acabou de fazer: Os ovos desmancham, derretem, se espalhando por todo canto. Toda essa cremosidade tem o contraste do pão crocante e das nozes ligeiramente assadas, que estão dentro do pão. Os ovos também ganham um novo sabor, mais delicado, que permite que você perceba não só a qualidade dos ovos caipiras, mas também a manteiga, o creme e a pimenta do reino moída na hora. Um desbunde.

Agora é pensar nas próximas…Sabe como fazer mousse de chocolate usando só água?

Ovos Poché e Pancetta Crocante no Pão de Malte

A primeira lembrança que tenho desse prato é: Casa vazia.

Era sábado. Chovia e fazia frio. Minha mulher tinha saído pra fazer não sei o que e eu fui deixado sozinho, adormecido e emaranhado na cama, babando como um bardo bêbado e sujo depois de um festim.

Acordei, me pus de pé e ainda meio zonzo, mas como de costume em todas as manhãs desde que me conheço por gente, fui até a cozinha. Com uma passada rápida de olho, sabia qual seria o resultado da minha preguiça, fome e vontade de se sentir abraçado por dentro.

Ovos Poché e Pancetta Crocante no Pão de Malte

Ingredientes:

Pão (sugeri o de malte, mas pode ser o que você preferir)

100 gr de pancetta (compre uma que valha a pena, a diferença é brutal)

2 ovos

Azeite de oliva extra virgem a gosto

Sal a gosto

Piment propecia online a do reino moída na hora a gosto

Modo de Preparo:

Pra minha sorte o pão – que não foi comprado, mas feito – estava esperando por mim em cima da mesa da cozinha, ainda com seu perfume de assado espalhado pelo lugar.

Minha mulher que faz cerveja com um grupo de amigas – coisa séria, tem regra e o cacete – traz sempre pra casa no final das sessões sacos e mais sacos de malte, que combinado com algum tempo de sobra e punhados de farinha, viraram um pão delicioso, crocante e macio, como manda o figurino.

Aconselho que você faça um pra chamar de seu, antes de começar a receita dos ovos. E só ir pro Sem Medida clicando aqui.

Como o meu já está feito, então vamos ao que interessa. Pancetta!

Pra você que ainda não sabe, a Pancetta – esse embutido fantástico feito com meu animal mágico favorito – é preparada com a barriga do porco, sendo primeiro curada, pra depois ser salgada e temperada com pimenta do reino, noz moscada e tantas outras coisas que sinceramente, não me lembro de cabeça. Não importa. Já fico feliz só dela existir.

Corte a Pancetta em fatias bem finas…

E depois as frite em uma frigideira bem quente, com um pouco de azeite de oliva extra virgem. Quando ficarem douradas e crocantes, reserve sobre um papel absorvente para que o excesso de gordura escorra.

Na hora do ovo pochè, por buy priligy online favor, não fique pensando “não vou conseguir”, “vai dar errado”, “nem fodendo” ou qualquer coisa do tipo. Todo mundo tem essa idéia do pobre coitado, quando na verdade tudo se resume a mexer o mínimo possível nele durante todo o cozimento. Tem como ser mais fácil?

Em fogo baixo, esquente uma frigideira com água na altura de um dedo. Depois de um tempinho, você vai reparar que pequenas bolhas, redondinhas e estáticas, vão se formar no fundo da panela. É essa a hora de acrescentar o ovo.

Usando um aro de metal – se você não tiver, pode ser um pote plástico redondo com o fundo cortado – coloque o ovo dentro e deixe-o em paz. Vamos ver algo de bom pra você fazer nesse buy clomid tempo….Huuummmm…..Lembra da Pancetta?

Corte-a em cubos pequenos, com a ajuda de uma faca bem afiada.

Depois de uns 3 a 4 minutos, o ovo já vai ter cozido e ganhado uma cor branca brilhante, com a gema coberta por uma leve película esbranquiçada. Tempere com sal e pimenta do reino moída na hora e mais nada. Esquente o pão para que fique no jeito e o cubra com o ovo, coroando tudo com a pancetta.

O resultado foi algo quente, macio, crocante e salgado, que escorreu pelos dedos, e sujou todo meu pijama. Mas me deixou rindo sozinho.

Próxima Página »
chefaporter.com.br | powered clomid online by WordPress with Grace Comunicação