Ovos Poché e Pancetta Crocante no Pão de Malte

A primeira lembrança que tenho desse prato é: Casa vazia.

Era sábado. Chovia e fazia frio. Minha mulher tinha saído pra fazer não sei o que e eu fui deixado sozinho, adormecido e emaranhado na cama, babando como um bardo bêbado e sujo depois de um festim.

Acordei, me pus de pé e ainda meio zonzo, mas como de costume em todas as manhãs desde que me conheço por gente, fui até a cozinha. Com uma passada rápida de olho, sabia qual seria o resultado da minha preguiça, fome e vontade de se sentir abraçado por dentro.

Ovos Poché e Pancetta Crocante no Pão de Malte

Ingredientes:

Pão (sugeri o de malte, mas pode ser o que você preferir)

100 gr de pancetta (compre uma que valha a pena, a diferença é brutal)

2 ovos

Azeite de oliva extra virgem a gosto

Sal a gosto

Pimenta buy priligy do reino moída na hora a gosto

Modo de Preparo:

Pra minha sorte o pão – que não foi comprado, mas feito – estava esperando por mim em cima da mesa da cozinha, ainda com seu perfume de assado espalhado pelo lugar.

Minha mulher que faz cerveja com um grupo de amigas – coisa séria, tem regra e o cacete – traz sempre pra casa no final das sessões sacos e mais sacos de malte, que combinado com algum tempo de sobra e punhados de farinha, viraram um pão delicioso, crocante e macio, como manda o figurino.

Aconselho que você faça um pra chamar de seu, antes de começar a receita dos ovos. E só ir pro Sem Medida clicando aqui.

Como o meu já está propecia online feito, então vamos ao que interessa. Pancetta!

Pra você que ainda não sabe, a Pancetta – esse embutido fantástico feito com meu animal mágico favorito – é preparada com a barriga do porco, sendo primeiro curada, pra depois ser salgada e temperada com pimenta do reino, noz moscada e tantas outras coisas que sinceramente, não me lembro de cabeça. Não importa. Já fico feliz só dela existir.

Corte a milf porn Pancetta em fatias bem finas…

E levitra online depois as frite em uma frigideira bem quente, com um pouco de azeite de oliva extra virgem. Quando ficarem douradas e crocantes, reserve sobre um papel absorvente para que o excesso de gordura escorra.

Na buy clomid hora do ovo pochè, por favor, não fique pensando “não vou conseguir”, “vai dar errado”, “nem fodendo” ou qualquer coisa do tipo. Todo mundo tem essa idéia do pobre coitado, quando na verdade tudo se resume a mexer o mínimo possível nele durante todo o cozimento. Tem como ser mais fácil?

Em fogo baixo, esquente uma frigideira com água na altura de um dedo. Depois de um tempinho, você vai reparar que pequenas bolhas, redondinhas e estáticas, vão se formar no fundo da panela. É essa a hora de acrescentar o ovo.

Usando um aro de metal – se você não tiver, pode ser um pote plástico redondo com o fundo cortado – coloque o ovo dentro e deixe-o em paz. Vamos ver algo de bom pra você fazer nesse tempo….Huuummmm…..Lembra da Pancetta?

Corte-a em cubos pequenos, com a ajuda de uma faca bem afiada.

Depois de uns 3 a 4 minutos, o ovo já vai ter cozido e ganhado uma cor branca brilhante, com a gema coberta por uma leve película esbranquiçada. Tempere com sal e pimenta do reino moída na hora e mais nada. Esquente o pão para que fique no jeito e o cubra com o ovo, coroando tudo com a pancetta.

O resultado foi algo quente, macio, crocante e salgado, que escorreu pelos dedos, e sujou todo meu pijama. Mas me deixou rindo sozinho.

Quem não Gosta de Barriga?

Até que fim o frio!

Muita gente por aí torce o nariz e se encolhe quando aquele ventinho gelado começa a se espalhar pelas ruas da Paulicéia. Tem quem compre aquecedor, bolsa de água quente ou até mesmo aproveite pra virar o Santo Antônio de cabeça pra baixo, na esperança de deixar o dito bravo e ter alguém pra se embaraçar nas cobertas.

Diferente pra mim que amo o frio – sou nascido em Julho pessoal – é um momento de libertação, perfeição e fé. Hora de acreditar no poder da gordura e cozinhar e comer todas aquelas coisas maravilhosas, suculentas e brilhantes.

E como começar melhor do que com barriga de porco? Percebi nos últimos meses que esse corte, começou a aparecer com mais freqüência no açougue do supermercado onde bandeio. O mais curioso é que já vi muita gente olhando, pegando o pacote na mão, conversando de lado mas não levando, seja por achar algo esquisito de se comer ou mesmo por não saber como preparar.

Se você quer saber…

Barriga de Porco, Purê de Maça e Feijão Branco

Ingredientes:

300 gr buy clomid de barriga de porco

500 gr feijão branco cozido

250 gr de lingüiça defumada

1 cebola grande

4 maças verdes

1 limão

50 gr de manteiga

Sal

Pimenta do reino moída na hora a gosto

Modo de Preparo:

Comece pelo purê. Descasque e pique as maças verdes, esquentando em seguida uma frigideira em fogo alto já com a manteiga. Quando essa derreter, acrescente a maça picada. Você vai reparar que ela vai começar a soltar uma porção de água. Não se assuste! Coloque o fogo no mínimo e deixe que elas cozinhem até ficarem macias.

Quando toda a água secar, é hora de prestar atenção no barulho que as maças vão começar a fazer: São uns estalos bem baixinhos, que indicam que a fruta está começando a fazer uma casquinha dourada no seu próprio açúcar. Nessa hora, é importante não ficar cutucando as pobres coitadas, ou elas nunca vão dourar. Tenha paciência e mexa as maças de vez em quando.

Dai pra frente é fácil! Acrescente o suco do limão e um pouco de água a frigideira. Nessa hora, todo o açúcar que estava zanzando pela panela vai passar pra água, dando uma cor de caramelo ao purê. Abaixe então o fogo no mínimo e deixe cozinhar até que as maças literalmente derretam, o que deve demorar de 1o a 15 minuto.

Daí é só bater com fuet para que o purê fique bem liso e temperar com sal e pimenta do reino moída na hora a gosto.

Segunda parte!  Pique a lingüiça em cubos pequenos e em uma panela grande e em fogo alto, a frite até que fique bem tostada e grande parte da sua gordura tenha derretido e esteja na frigideira.

Pi buy propecia que a cebola em cubos pequenos e aproveite toda a gordura (não vale jogar nada fora!) para fritar a cebola, até que ela fique bem dourada.

Nessa hora, acrescente os feijões brancos e mexa para que todos os sabores se combinem. Reserve deixando a panela no fogo mais baixo possível. Assim, os feijões continuam cozinhando e liberando o seu amido, deixando tudo cada vez mais cremoso.

Com todos os acompanhamentos prontos, l’heure de gloire est arrivé! Hora de atacar a barriga de porco!

Como você vai perceber, a barriga de porco tem também o couro da pele do porco, que você deve separar e guardar para dar sabor a cozidos ou sopas. Não vá jogar fora pelo amor de São Benedito! Na hora de comprar, prefira uma barriga de porco que tenha uma proporção de 50% de carne e 50% de gordura, o que dá um resultado bem legal.

O modo de preparo não podia ser mais simples: Tempere a barriga com sal e pimenta do reino moída na hora e em um frigideira muito quente, frite cada um dos lados até que eles estejam de um dourado de dar inveja. Daí, é só montar o prato:

De um lado o feijão, e do outro o purê de maça com a barriga de porco

Tem como ser mais simples?

chefaporter.com.br | powered by WordPress with Grace Comunicação